Pequenos gestos que podem fazer uma enorme diferença!

Ajudando a proteger o ambiente natural dos locais que visitamos, a sua cultura, os seus hábitos e tradições, estamos a assegurar a felicidade das populações residentes o que irá permitir também uma maior disponibilidade destes em receber os viajantes. Teremos certamente uma experiência de férias ainda melhor, e ajudaremos a garantir a sua preservação!


Seja um viajante consciente e siga as nossas dicas:

Sempre que possível, opte por voos diretos: Viaje com menos stress e com a certeza de que a pegada ecológica da sua viagem é a menor possível. Sempre que possível, opte por Companhias Aéreas que têm programas de compensação de emissões de CO2. Pergunte-nos e nós contar-lhe-emos tudo!

E que tal uma viagem de comboio? Para viagens dentro da mesma região geográfica, é o meio de transporte ideal: confortável, moderno, eficiente, e com o bónus de poder desfrutar de paisagens que não teria oportunidade de ver se viajasse de avião ou conduzisse um carro.

Diga não ao plástico. Sempre que possível, leve consigo uma garrafa de água reutilizável, não utilize sacos plásticos, e será que precisa mesmo de uma palhinha na sua bebida?... Leve na sua bagagem a regra dos 3 R: reduzir, reutilizar e reciclar!

Respeite a Natureza! Não saia dos trilhos marcados nos parques naturais, não deixe lixo em lado algum e, se for fumador, tenha um especial cuidado com as piriscas: para além de conterem milhares de químicos, podem provocar incêndios.

Recuerdos? Sim, mas só se forem very typical! Prefira sempre o artesanato e os produtos locais, em detrimento de bugigangas que poderá comprar em qualquer lado. Os materiais usados também devem merecer a sua especial atenção:  não compre nada que seja feito de peles, dentes, marfim ou corais, entre outros. E, por favor, não caia na tentação de trazer “lembranças” da natureza ou da cultura. Pense que, se todos trouxéssemos uma pedrinha do Coliseu de Roma, em breve o mesmo desapareceria.

Seja digital. Precisa mesmo de pegar em todos os mapas, folhetos, panfletos e afins? Verifique primeiro se o que precisa está disponível online. O mesmo se aplica à sua documentação de viagem: guarde tudo no seu telemóvel, tablet ou PC e viaje mais leve!

Leve a sério as indicações dadas pelos hotéis no que diz respeito ao consumo de água. A água é, cada vez mais, um bem escasso – não a desperdice!

Ninguém quer engordar nas férias, certo? Certo! Não seja aquele viajante que “enche o prato”: vai acabar por comer demais e por desperdiçar comida…

Por falar em comida… seja aventureiro! Mesmo que fique num hotel com o regime Tudo Incluído, experimente um restaurante local. Vai estar a ajudar a economia local e, quiçá, provar iguarias até então desconhecidas.

Proteja os animais selvagens. Veja, ouça, mas por favor não toque. Seja um elefante, um pequeno macaco ou ave, uma tartaruga ou um golfinho: um toque humano pode transmitir doenças fatais. E não os alimente, irá estar a alterar o seu comportamento natural e a torná-los mais vulneráveis.

A sua viagem é mais do que posts no Instagram ou no Facebook. Respeite os locais, os seus habitantes, usos e costumes. Não tire fotografias a ninguém sem perguntar primeiro se o pode fazer, e não o faça a crianças. Não caia da tentação de tirar selfies em locais que merecem respeito, sejam locais de culto ou considerados sagrados, sejam memoriais ou locais de tragédia. Sabia que há países que punem com prisão quem o fizer?

E se o aconselharmos a ser um Slow Traveler? Tente permanecer o máximo de tempo possível no mesmo local; abrande o ritmo e fique a conhecer melhor o local, as pessoas, os costumes, cheiros e paladares. Devagar se vai ao longe…

Saiba mais acerca de Turismo Sustentável com a Organização Mundial de Turismo.

Nós agradecemos.

Mas, acima de tudo, o Planeta agradece!

Com escritórios no Porto, Lisboa e Aveiro, actua nas áreas de Corporate, Lazer, Grupos, Incentivos e Eventos.

dmc@clubeviajar.pt